Trabalho Hoteleiro

  • “Nós até somos muito bons. Demasiado.” (Entrevista a Simão Nevada)

    Introdução ao trabalho de Simão Nevada, rececionista de hotel: Simão Nevada é o nome fictício de um rececionista de hotel. Consciente da exposição máxima inerente à função que ocupa, percebemos o quanto os elementos de trabalho emocional, como a ênfase na construção do sorriso e da empatia, são elementos infraestruturais da sua auto e heteroavaliação. Entre a noite o dia, a gestão burocrática e o imediatismo das questões de balcão, a receção é palco de um frenesim laboral em que cada segundo exige o máximo de cada trabalhador.
  • "Entre gaiolas", - Entrevista a Márcia Figueiredo

    Márcia Figueiredo chegou à Hotelaria depois de o seu contrato temporário de trabalho não ter sido renovado quando engravidou e trabalhava numa escola assumindo funções de auxiliar de ação educativa. Recrutada para o trabalho de limpeza de quartos, aprendeu a pulso as manobras de gestão dos objetos com a rapidez necessária para cumprir os requisitos de competência para o trabalho. Fala com dor da passagem de trabalhadora a governanta, porque lhe custa a alteração da relação de poder com ass trabalhadoras que, outrora, eram seus pares. E também da crueldade dos clientes que sujam e danificam os quartos como se isso não exigisse das empregadas as horas extras.
Ver todos